Cine Celeti – Terc.17h Prof. Hildon Melo

R$90,00

A experiência estética diante de filmes, documentários ou séries suscita nossas reflexões e nos fazem ver o espelho da nossa própria vida. A partir da análise de diversas obras audiovisuais iremos percorrer os mais diferentes fenômenos da existência humana. Venham fazer parte deste clube de cinéfilos e cinéfilas.

* SOLICITAMOS ÀS PESSOAS PARTICIPANTES QUE TENHAM ACESSO ÀS SEGUINTES PLATAFORMAS: NETFLIX e CINE PETRA BELAS ARTES À LA CARTE

Aula online ao vivo – uma aula por semana
Terça-feira 17h às 18h

Descrição

Assistir o vídeo.

Hildon Vital de Melo

  • Aulas ao vivo – uma aula por semana
  • Terça-feira 17:00hs às 18:00hs
  • Os pagamentos devem ser efetuados mensalmente
  • O valor de 90,00 é referente a 4 aulas/mês

Hildon Vital de Melo

O Camaleão Albino, nascido em Jundiaí, São Paulo. Possui graduação em Filosofia, licenciatura e bacharelado, e mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (2014). Suas pesquisas são referentes à filosofia contemporânea com ênfase nos campos de Subjetividade, Política e Cultura e trabalha especialmente com a obra de Friedrich Nietzsche e diversos temas da filosofia alemã. É professor de filosofia, cinema, literatura contemporânea, história da música, da arte e da cultura na ONG Centro de Educação e Lazer da Melhor Idade – CELMI, Jundiaí desde 2016. Desde 2018 tem atuado como guia cultural em excursões particulares ao MASP, MIS, PINACOTECA, SALA SÃO PAULO, FIESP, CCBB CULTURAL, entre outros. Para além das atividades acadêmicas e educacionais desenvolve projetos autônomos no campo da música, literatura e cultura em geral. Em 2016 alcançou o segundo lugar na 12ª Olimpíada de Redação da cidade de Jundiaí. Em 2017 obteve menção honrosa na 25ª Edição do Programa Nascente USP na área de Textos na categoria Prosa Ficcional com o trabalho intitulado Joanna, ainda sem publicação. Em 2017 e em 2019 participou do Curso Livre de Preparação para Escritores – CLIPE, fomentado pela Casa das Rosas, SP, nas categorias de Poesia e de Prosa, respectivamente. Lançou o livro HAI – primeira parada a primeira parte dos Haikerouacais, pela editora independente Telucazu, trata-se de uma obra que será dividida em quatro partes e tem como temática a forma poética dos haicais orientais. Produziu, junto ao amigo Mikhael Oliver Simões, o Zinestésico 00 – Jundiahy não tem heróis, um zine de poesias. Publicou, em 2019, o livro Anotações para o livro do ventre, pela editora Malha Fina Cartonera que é uma editora parceira em diversos projetos da USP. No primeiro semestre de 2019 participou da composição do Slam do Zé, evento de poesia e outras manifestações culturais que davam destaque para artistas de Jundiaí e região. Desde Julho de 2020 colabora com publicações virtuais nos jornais Jundiaqui https://www.jundiaqui.com.br/; Jundiagora http://jundiagora.com.br/ç; e no jornal A Verdade Regional https://portalaverdade.com.br/category/opiniao/ com textos críticos e também de teor literário.